O Presidente do Conselho Regional de Medicina Veterinária do Estado de Roraima (CRMV-RR), José Ricardo Soares da Silva juntamente com o Vice-Presidente do órgão, José Kleber Oliveira de Farias se reuniram virtualmente, na última quarta-feira (7), com a Agência de Defesa Agropecuária de Roraima (ADERR) para discutir ações em conjunto sobre fiscalizações no Estado.

O encontro contou com a presença do Médico-Veterinário Diego da Costa Souza – Gerente de Inspeção de Produtos de Origem Animal da ADERR e a Médica-Veterinária Ana Maria Lopes da Nobrega – Chefe do Núcleo de Produtos de Origem Animal da ADERR.

De acordo com Diego, um dos objetivos da ADERR é realizar inspeções em Agroindústrias de Produtos de Origem Animal e fiscalizar se o Responsável Técnico (RT) realiza suas obrigações conforme manda as legislações. “Percebemos uma demanda de fiscalização para melhorar a situação da segurança dos alimentos e firmamos algumas parcerias que tem dado certo com vários órgãos e queremos o CRMV-RR junto para garantir que os profissionais atuem com responsabilidade e ética no Estado”.

O Presidente do CRMV-RR agradeceu o convite e se colocou à disposição para colaborar nas fiscalizações e orientações. “Sabemos que a função de Responsável Técnico é de suma importância para o profissional e para as empresa, pois é ele que vai trabalhar para que a empresa não tenha problemas sérios e responder por isso. O Sistema CFMV/CRMVs convocou grupos de trabalhos para fazer os Manuais de Responsabilidade Técnica (Rts) para profissionais de áreas diferentes para direcionar melhor o RT sobre suas respectivas funções. Assim, ficará mais claro a função do profissional. A sociedade precisa estar protegida e para isso se faz necessário um profissional competente”, afirmou José Ricardo.

O Vice-Presidente do CRMV-RR enfatizou que essa parceria trará bons frutos para o Estado. Abordou ainda, a importância dos profissionais que atuam como Rts em aprimorar e atualizar os conhecimentos para se adequar ao cargo exigido. “Queremos um bem comum, uma sociedade atendida com respeito, profissionais valorizados e alimentos seguros para todos. O cargo de RT é muito sério e por isso o profissional deve ter conhecimento profundo de suas funções para oferecer segurança para a empresa, para os consumidores e para o próprio profissional”, José Kleber.

Ao final do encontro Ana de Nobrega afirmou que é necessário a ajuda do CRMV-RR para realizar uma cobrança mais ordeira, justa e melhorar cada vez mais as questões profissionais. “Temos que trabalhar em parceria, pois vimos que isso tem dado certo e queremos intensificar e trabalhar para a saúde da população e a nossa também”, Finalizou.

 

Assessoria de Comunicação do CRMV-RR