Na manhã da última terça-feira (10), a diretoria executiva do Conselho Regional de Medicina veterinária do Estado de Roraima (CRMV-RR) se reuniu com recém-formados em Medicina Veterinária e Zootecnia do Centro Universitário Estácio da Amazônia e da Universidade Federal de Roraima (UFRR), no auditório da Estácio.

Em um ambiente animado, o encontro teve como objetivo mostrar aos novos profissionais a importância do Sistema CFMV/CRMVs, os trabalhos que são realizados, as fiscalizações, conduta ética, valorização e os planos futuros. 

Os membros da Diretoria abordaram em palestras sobre as leis, resoluções, códigos de ética profissionais, atendimentos e a importância do conhecimento quanto aos direitos e deveres de cada um no exercício profissional, evitando os casos de processos éticos por conduta indevida.

O Presidente do CRMV/RR, Fábio Souza abriu o evento dando as boas-vindas aos novos profissionais e destacou sobre valorização com orientações dos primeiros passos que darão para iniciar a vida profissional. “Esse encontro é essencial para que os formandos conheçam o Conselho e saibam realmente qual é a função da Autarquia. Queremos que eles se familiarizem com a nossa Casa e também mostrar nossa valorização profissional. Enfatizando que o CRMV/RR é importante e que devemos caminhar juntos, pois sabemos que os Médicos-Veterinários e Zootecnistas fortalecem o mercado e são diretamente responsáveis pela saúde e bem-estar da população, dos animais e do meio ambiente”, relatou.

O vice-presidente, Diego da Costa Souza reforçou ainda que o papel do Conselho é ajudar os profissionais a cumprir com suas tarefas diárias com ética, legalidade, zelo e competência. Ele falou sobre a ética e valorização “Só temos que nos orgulhar do reconhecimento e valorização que conquistamos ao longo desses 50 anos, mas não podemos parar por aqui, temos muito a fazer, sempre prevalecendo o respeito e a integridade entre pessoas de diferentes valores. Desejamos para os próximos três anos trabalhar com transparência pública, responsabilidade e inovação para o bem do nosso Estado”.

A secretária-geral, Erika Aragão, abordou sobre saber o que fazer quando o aluno termina o curso de Medicina Veterinária. Em sua palestra sobre atendimento em domicílio orientou em relação a esse tipo de atendimento para que seja bem sucedido, com segurança tanto para a atuação do profissional, como para os tutores. “Como órgão de fiscalização, o CRMV/RR precisa orientar para fiscalizar, por isso, disciplinar essa atuação serve de segurança para todos. Além disso, o médico-veterinário que atende em domicílio deve sempre se portar como um profissional da saúde, conferindo as mesmas responsabilidades que outros Médicos-Veterinários têm em seus estabelecimentos clínicos”.

A tesoureira do CRMV/RR, Maíra Escobar parabenizou cada um pela conquista e desejou sucesso em suas carreiras. Ela também aproveitou a oportunidade para convidar os colegas a conhecerem e acessarem o site e redes sociais da Autarquia e participarem das atividades do Conselho.

Os futuros novos profissionais demonstraram emoção e realçaram a importância do evento. A formanda em Medicina Veterinária pela UFRR, Dinah Barbara Pathek revelou expectativas positivas em relação ao mercado de trabalho e agradeceu ao CRMV-RR pelo acolhimento. “Saímos da Universidade sem conhecer muito o papel do Conselho e esse encontro direto com a diretoria esclarece muitas dúvidas que são importantes para a nossa profissão”.

 

 

– Scheila Müller – Assessora de Comunicação do CRMV-RR.